Monthly Archives: September 2013

Suco De Vegetais

Ingredientes para um suco super saudável

Ingredientes para um suco super saudável

Ingredientes:

  • 1 maçã vermelha
  • 1 maçã verde
  • 1 pedaço de 2 cm de gengibre
  • 5 cenouras
  • 1 pepino
  • 1 fatia de abacaxi
  • 2 talos de salsão
  • 1 xícara de espinafre
  • 1 xícara de couve
  • 1/2 limão

Colocar todos os ingredientes na centrífuga.

Tomar assim que estiver pronto para melhor aproveitamento dos nutrientes.

Posted in Receitas

A cicatriz de Francesco Leonardo

Autor: Rodolpho José Del Guerra

Depois do lançamento do meu livro sobre a saga dos imigrantes italianos em São José, muitos se lembraram de histórias adormecidas, acordando-as: histórias que têm como cenário a cidade e o campo.

Meu vizinho octogenário, Domingos Cerávolo, contou-me um fato interessante, ocorrido em 1889, tendo como personagem seu primo, ainda criança, Francisco Leonardo Cerávolo, que morreu em Muzambinho, há algum tempo, com cem anos, conservando, ainda, a cicatriz de um ferimento na sua testa..

Na tarde de 10 de agosto de 1889, a estação da Mogiana e a praça Tiradentes estavam lotadas de autoridades e povo, esperando o líder e atuante político, candidato a deputado geral do Partido Republicano, Francisco Glicério, que vinha pregar o ideário republicano aos rio-pardenses, devendo seguir para Mococa.

O trem apitou na curva do rio, perto da usina de luz e força, e diminuiu sua marcha, entrando triunfante na estação. As bandas tocavam e as bandeiras desfraldadas coloriam a tarde.

As crianças, brasileiras e italianas, qua se sufocadas no meio da multidão, queriam ver o ilustre Glicério, que descia do vagão especial, trajando casaca e cartola. O barulho era ensurdecedor: palmas, gritos, música, rojões…

Os foguetes explodiam no alto. Uma das varas, ao cair, ficou espetada profundamente entre a pele e o osso da testa do pequeno Francesco Leonardo. O sangue jorrou. Dr. Álvaro, que estava próximo do garoto assustado, o socorreu, levando-o ao seu consultório para desinfecção e sutura. A seguir, no seu trole, o deixou na marcenaria do pai, Domenico Cerávolo, na Marechal Deodoro.

A pé, o povo acompanhou o ilustre visitante ao Hotel Brasil, onde lhe seria oferecido um banquete e pernoite.

O candidato e a cúpula do Partido Republicano ficaram sabendo do ferimento do garoto, que por pouco não o cegou, resolvendo recompensá-lo pelo incidente: ofereceram-lhe uma bolsa de estudos, em boa escola rio-pardense, até terminar o curso primário.

Naquela noite, depois do banquete, os praças da cadeia local, respeitando as ordens monárquicas do delegado e do presidente da Câmara, invadiram o Hotel Brasil, ajudados por monarquistas civis, e fizeram um quebra-quebra, ferindo hóspedes.

O povo se revoltou e tramou, naquela noite, a invasão e tomada da Prefeitura, que abrigava os três poderes monárquicos: o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.

Os fazendeiros trouxeram de suas fazendas os colonos armados…

Na manhã do dia 11 de agosto de 1889, o povo, diante da banda que tocava a proibida e revolucionária Marselhesa, invadiu a Prefeitura, prendendo o presidente da Câmara, Saturnino Barbosa, e o subdelegado, José Honório de Araújo. Retiraram da parede o retrato de D. Pedro II e hastearam, pela primeira vez no Brasil, a bandeira de Júlio Ribeiro, com as treze listas, que seria a bandeira de São Paulo. E proclamaram a República, três meses antes de Deodoro…

No dia seguinte, 12 de agosto, o presidente da Província enviou para nossa cidade 40 praças da cavalaria, que chegaram em trem especial… E tudo voltou ao normal na provinciana e revolucionária S. José, que recebeu, dois anos depois o honroso título de “Cidade Livre do Rio Pardo”…

Mas nosso Episódio Republicano é uma outra história já contada nesta coluna.

O menino Francisco Leonardo cresceu, mudou-se para Muzambinho, onde foi um benemérito, carregando sempre, na testa, a cicatriz histórica, marcada na véspera da Proclamação da República rio-pardense.

29/ 9/ 1999.

Posted in Família Cerávolo, Family

EXPEDITION: PAPUA NEW GUINEA WITH JACK DUMBACHER

Biologist Jack Dumbacher, Curator of Birds and Mammals at the California Academy of Sciences, recounts stories of his field expeditions to Papua New Guinea, including his discovery of a poison-secreting bird — the first to be documented by science.

Embedly Powered

via Hulu
Posted in Ciência, Science